Tagged: Presidente de todos os Portugueses

Palavras de Luís Filipe Vieira – O presidente de todos os Portugueses

«É minha ambição combinar experiência e juventude» – Luís Filipe Vieira

Luís Filipe Vieira deixou, esta terça-feira, mensagem de confiança e otimismo aos atletas de todos os escalões de formação das várias modalidades do Benfica.

«Espero, dentro em breve, poder ver muitos destes jovens atletas a competir nas nossas equipas profissionais. É minha ambição combinar nos próximos anos a experiência e a juventude, e começar a poder aproveitar todo o trabalho que os nossos escalões de formação têm vindo a desenvolver», disse o presidente dos encarnados no encontro com os jovens atletas do clube, no Pavilhão da Luz.

«As modalidades fazem parte da história do Sport Lisboa e Benfica e todo o esforço que fizemos durante os últimos anos vai continuar. O trabalho que temos vindo a fazer nos escalões de formação das várias modalidades é algo de que me orgulho e, tenho a certeza, começará a dar frutos muito em breve», vaticinou, sublinhando: «O trabalho desenvolvido tem melhorado as capacidades dos atletas, formando jovens que poderão aspirar a fazer parte dos nossos planteis profissionais num futuro muito próximo».

Luís Filipe Vieira frisou que «os resultados só podem aparecer e durar quando são estruturados e quando os seus alicerces são sólidos».

«É assim que temos vindo a trabalhar nas modalidades, todas – a nível profissional – com capacidade para discutir os respetivos títulos nacionais, todas com uma boa organização a nível da formação que tem sabido evoluir de ano para ano, todas vítimas, no passado, de uma gestão danosa que durante anos ameaçou a sua existência», lembrou, congratulando-se com o facto de o Benfica ter «mais de oito mil atletas» em todas as modalidades e escalões etários, «número impressionante» que constitui motivo de orgulho e que «dá a real dimensão do trabalho produzido».

«Assumimos aqui não apenas o papel do Sport Lisboa e Benfica, mas também o papel do Estado. O que investimos na formação é um serviço que prestamos a milhares de jovens e respetivas famílias que, se não fosse por esta via, não teriam acesso ao desporto. Este é um papel que na maior parte das vezes o Estado beneficia e não reconhece. Mesmo assim vamos continuar a trabalhar da mesma forma que até aqui fizemos», declarou, realçando que «a força do Benfica está no coletivo, na capacidade e na força de todas as equipas, sejam elas da formação ou da competição, sejam elas das modalidades ou do futebol».

Anúncios

Luís Filipe Vieira hospitalizado

Luís Filipe Vieira esteve hospitalizado com sintomas de um Acidente Vascular Cerebral (AVC), mas, após ter realizado exames, foi-lhe detectado um princípio de Acidente Isquémico Transitório (AIT).

Benfica estava a trabalhar na nova época do clube quando, há alguns dias, sentiu um formigueiro no braço esquerdo e uma indisposição. Apesar de, inicialmente, ter ignorado os sintomas, os dirigentes que o acompanhavam obrigaram-no a ser observado pelos médicos.

Deu entrada no Hospital da CUF, em Lisboa, e, após vários exames, foi-lhe diagnosticado um princípio de AIT – perturbação no funcionamento do cérebro causada por uma deficiência temporária no fornecimento de sangue.

Segundo soube o CM, Vieira está recuperado do susto e a trabalhar a cem por cento, e a conselho dos médicos vai ao ginásio três a quatro vezes por semana.

Além dos exercícios físicos, que até chega a fazer de noite – quanto pode convida amigos para irem correr –, o líder das águias também está a cumprir uma dieta cuidada à base de legumes e de peixe.

“Sabe que tem de ter cuidado com a sua saúde”, vincou uma fonte.

Além dos problemas de coração, em Abril de 2007 teve uma pneumonia e chegou a estar hospitalizado.

EMPRESÁRIO NEGA MIGUEL

“Miguel merece todo o respeito e não tem necessidade de se oferecer a qualquer clube. O percurso dele e a forma como tem jogado nos últimos anos demonstram que é um futebolista de alto nível”, foi desta forma que, ontem, o empresário Paulo Barbosa abordou as notícias que dão conta que o defesa ofereceu-se ao Benfica.

O agente FIFA fez ainda questão de abordar a actual situação do internacional português: “Terminou contrato com o Valência no final da temporada 2011/12 e, neste momento, é um jogador livre. Existem várias possibilidades, mas não houve qualquer contacto com o Benfica ou qualquer outro clube em Portugal.”

Miguel, de 32 anos, representou o Benfica entre 2000 e 2005, altura em que se transferiu para os espanhóis do Valência.

In CM