Tagged: Pedro Proença

O timing do castigo aplicado a Jorge Jesus

Muito se fala do tempo, do tempo que faz, do tempo que passa, da falta dele, de outros tempos.. em futebolês fica mal usar o termo lato da palavra, diz-se “timing” , a coisa fica mais embelezada, modernices digo eu.

O comunicado de indignação do fc porto ontem, criticou o timing do castigo aplicado a Jorge Jesus, 15 dias aplicados ao nosso treinador aparentemente pareceu-lhes um bom tempo, mas o timing, esse bandido, o timing não lhes favoreceu como esperavam.

Como peritos em timings que são os lacaios do fcp, sejam eles dirigentes, sad, treinadores, jogadores, adeptos, jornalistas, comentadores e toda a mais VARAiedade, caíu muito mal ver a sua especialidade ser assim usada em vão pelo conselho disciplinar da F.P.F.! Afinal de contas são mais de trinta anos a desenvolver um trabalho árduo em especializarem-se em timing. A época passada o seu treinador apareceu no timing certo, sugerindo que encomendassem já as faixas de campeão, o alerta foi dado e foi o que se viu, um autêntico desfile de manobras dentro e fora das quatro linhas, não fosse o recente especialista ver o seu discurso cair em saco rôto. No futebol existem pessoas que dominam, nas mais variadas posições, o timing. Um pénalti claro no 1º minuto de jogo não se marca, uma entrada ás pernas de um jogador a varrer aos 8 minutos não deve levar vermelho directo, um golo limpo nos instantes finais de um 1º jogo da liga não se valida, um fora de jogo berrante que dá golo justifica-se com o timing da “desmarcação” e assim por diante. Mas o tempo esse, o tempo não perdoa e vai-se tornando cada vez mais claro, que o tempo deles se está a esgotar ! Nós aqui no BENFICA POWER regimo-nos por um tempo, um tempo de verdade, um tempo de valores e um tempo de conquistas, passadas,presentes e futuras ! Faça chuva,faça sol, o nosso tempo é só um : O de um BENFICA intemporário, sempre com a eterna RAÇA QUERER e AMBIÇÃO !

Pedro Proença. Para lembrar a frase: «É O QUE A GENTE COMBINOU»

Ao ler as declarações de ontem de Proença,  de imediato a palavra “QUEM” fez tocar bem alto e com estrondo o sino. “Quem...” ? “Quem” não é nada !!! Quem diz “quem” sabe ! Quem não diz o que “sabe” ou lhe é indiferente ou terá medo porque estará incluído no “quem”?

Já ninguém ou poucos ligam ao facto de caso após caso toda esta gente implicada no Apito Dourado ter passado impune à justiça, uns por pretensos buracos na lei terem sido aproveitados por ratos de Direito outros por Juízes que condenaram “uma escuta” ao Gondomar e não consideraram dezenas delas a Pinto da Costa.

Mas, creio que ainda mais gente se esquece que Pedro Proença foi mencionado no processo do Apito Dourado. Esquecidos. Nós recordamos, o que uma vez mais se encontra nas gravações:

Na véspera do encontro que decidiria a Supertaça da época de 2003-2004, o presidente do FC Porto preocupava-se em saber quem seria o árbitro que iria dirigir o confronto que poria frente a frente FC Porto e União de Leiria. Assim sendo, nada como obter informações junto de Pinto de Sousa, o presidente do Conselho de Arbitragem.

A frase que saíu? Significativa:

«É O QUE A GENTE COMBINOU»

Na véspera do encontro que decidiria a Supertaça da época de 2003-2004, o presidente do FC Porto preocupava-se em saber quem seria o árbitro que iria dirigir o confronto que poria frente a frente FC Porto e União de Leiria. Assim sendo, nada como obter informações junto de Pinto de Sousa, o presidente do Conselho de Arbitragem.

Mais uma escuta descoberta entre Pintos – o da Costa e o Sousa:

Conversa interceptada entre Pinto da Costa e Pinto de Sousa no dia 30 de Junho de 2003…

…basta esta passagem… Pinto de Sousa para Pinto da Costa:

Pinto de Sousa: – “É…mas vou devagarito, pá, calmamente…vou falar com o Pedro Proença!”

Pinto da Costa: – “Vais?”

Pinto de Sousa: – “…grande jogo em Guimarãe, pá! Vai fazer um grande jogo!”

Pinto da Costa:- “Com recado para não expulsar ninguém”

Pinto de Sousa:- “Eh! Eh! Eh!”

…Nove dias mais tarde, no estádio Municipal de Guimarães, Pedro Proença seria de facto o árbitro da Supertaça. O Porto venceria por 1-0, golo de Costinha aos 55 minutos…

A imprensa unanimente destacou que o único golo da partida Costinha saltou com o guarda redes leiriense tendo este sido nitidamente impedido de chegar à bola pelo jogador portista…

Expulsões…De um jogador adversário.. e assim os Pintos puderam dormir descansados.

Afinal, o termo “quem” em tudo idêntico ao habitual “ah e tal foram eles…” de quem nem fala nem está calado antes pelo contrário, tem nomes associados, certo? Sim, a pergunta é retórica. Afinal, Pedro Proença, como ficamos, o seu nome surgindo no diálogo e com as conclusões óbvias, servem para poder identificar os nomes? Ou ficamos pelos bois?

Não, como é óbvio não nos esquecemos, nem nos iremos esquecer !

E fazeres o mesmo por cá? Era tão bom não era…?

É hoje a final do Euro 2012, que irá ter presença portuguesa na equipa da arbitragem. Com toda a certeza que quase todos os portugueses trocavam esta representação pela presença da Selecção, mas pronto…, vamos ao resto!

Se os portugueses se devem sentir orgulhosos por um árbitro português, no mesmo ano arbitrar as duas finais europeias, Champions e Europeu, ainda por cima sendo o primeiro árbitro a conseguir esse feito? Claro que sim! No entanto não duvido que esse orgulho seria muito maior se as excelentes prestações que Pedro Proença tem tido por essa Europa, fossem o espelho das arbitragens dele no nosso país! Isso sim, seria um grande orgulho!

Se o Sr Presidente Vítor Pereira, vem com a lenga-lenga de que a conversa dos críticos, vai ser sempre a mesma…, “ah e tal arbitra bem lá fora, mas em Portugal não!…”…, claro que se tem que dizer isso! Ou será que estamos enganados? Principalmente quando o clube interveniente, é o suposto clube do coração dele, e do qual é associado! Alguém se consegue esquecer das sistemáticas e repetidas más decisões, dualidades de critérios e afins, quando esse senhor arbitra o Benfica? E quando arbitra o clube da fruta? É tal e qual, não é Sr Vítor Pereira?

Como português que sou, tenho todo o orgulho em ver portugueses a vingar por esse Mundo fora, seja no que for! E quanto mais melhor!!! Somos bons em tudo, e mais ainda quando vamos para fora do nosso país! O nosso reconhecimento internacional nas mais diversas áreas é do conhecimento geral! No entanto cá dentro também somos muito bons, infelizmente e principalmente neste sector, somos mesmo muito bons é no compadrio, nas cunhas, no não olhar a como nem a quem para obter os fins desejados, nas falcatruas e no que lhe quiserem chamar! Portanto para mim, para além de serem apenas maus ajuízamentos ou decisões infelizes do momento, é algo mais…! Nada mais justifica as decisões infelizes serem sempre para o mesmo lado…, quando lá fora é raríssimo (e ainda bem), ter uma decisão infeliz, e de se notar que o homem é mesmo bom naquilo que faz! Isso não podemos por em causa! Só que algo mais nobre se eleva naquela cabeça (ou bolsos) quando arbitra cá dentro, e nomeadamente quando apita o Benfica!

Pedro Proença: “Vou representar Portugal” – “Domingo vou tentar honrar o meu trabalho!” – Pena não o tentares honrar quando arbitras o Benfica!

“Pedro Proença quer hoje provar em campo a qualidade da arbitragem portuguesa, disse em entrevista ao site da UEFA. O juiz lisboeta sente-se honrado e privilegiado por ter sido nomeado.”

E cá dentro quem representas? E não é só hoje que deves provar a qualidade dentro de campo…, é em todos os jogos!

Tenho orgulho em ser português! Tenho orgulho em ver os portugueses serem reconhecidos internacionalmente! Mas…, a Amália tanto cantava bem em Portugal como fora de Portugal! O Saramago tanto escrevia bem em Portugal como fora de Portugal! O Joaquim de Almeida tanto representa bem dentro como fora de Portugal! A Rosa Mota, o Carlos Lopes, o Eusébio, o Joaquim Agostinho, o Figo, o Ronaldo, o Mourinho e tantos outros portugueses que tanto nos deram e continuam a dar, tanto eram, e são bons em Portugal, como fora de Portugal! Mas este senhor não! A este senhor dentro de Portugal turva-se-lhe a visão quando arbitra um determinado clube, ou então terá sempre um outro clube no pensamento! Algo será! Mas pode ser tudo menos coincidência! Portanto digo sem qualquer tipo de problema que hoje não me sinto assim tão orgulhoso! E não por eu ser Português, mas por ele ser só às vezes Português! Porque outras vezes não o é…, por outras vezes é apenas PORTOguês!!! E aquele seu auxiliar que neste Europeu tem tirado (e bem…) foras-de-jogo quase mílimétricos, e que esta época ajudou a decidir um jogo e um campeonato com um fora-de-jogo de metros? Também foi coincidência? Ou também se lhe turvou a vista?…, naquele lance a bandeirola pesava toneladas…, não teve força suficiente para a levantar!…

Espero no final do jogo ver também o árbitro da final de hoje em grandes abraços, risos e confraternização, com o treinador e jogadores da equipa que se venha a sagrar Campeã Europeia!…, tal e qual a foto aqui em baixo…! Pode ser que a UEFA goste!…, afinal o árbitro é o Pedro Proença…!

Sporting pede? Vítor Pereira faz !

Soube-se hoje o motivo pelo qual Bruno Paixão ficou sem as insignias da FIFA. Eis o que a notícia do Jornal Record diz:

O advogado de Bruno Paixão fez chegar à redação do Jornal Record um esclarecimento, no qual responsabiliza Vítor Pereira, presidente da Comissão de Arbitragem da FPF, pela perda das insígnias de internacional por parte do árbitro setubalense.

Segundo o documento, na base da má classificação de Paixão na época que agora termina está a decisão de Vítor Pereira de, na sequência de uma reclamação do Sporting, rever a nota do juiz do Barreiro na partida Gil Vicente-Sporting, disputada a 19 de março.

O observador ao jogo, Humberto Gonçalves, avaliara com 3,4 a atuação de Paixão; nota que seria revista para 2,0 pelo presidente dos árbitros. Ora, esta alteração, que vai contra as normas da UEFA, fez com que o juiz acabasse mal classificado e perdesse o estatuto de internacional.

Assim se confirma o que há muito se tinha como certo, embora de forma tácita. A Arbitragem em Portugal, é um mundo estranho, autocrático, manipulado e manipulável ! Não quero saber se é com Bruno Paixão, Xistra, Sousas ou sejam lá quem eles sejam. É por demais evidente o conluío existente.

Mas tomando este caso como exemplo, o Sporting Clube de Portugal fazendo juz à sua fama, de Clube das carpideiras, dos lutos e de Viscondes que apesar de não terem um cêntimo, ainda usam o brasão para “assustar” os “Vítor Pereiras” do nosso País.

Queixou-se o Sporting da actuação de Bruno Paixão aquando do jogo da época 2011/12. E Vítor Pereira lá fez o favor de baixar a nota que o observador tinha dado ao árbitro de 3,4 para 2,0. Com isto, segundo o representante de Bruno Paixão, perdeu as insignias da FIFA pela posição que ficou no tal Ranking que apenas é entendido se o viramos ao contrário. A fazer fé nas palavras do Advogado de Bruno Paixão, tal é contra a regulamentação da UEFA, a ver vamos então.

Posto isto e após ver o jogo, mais não vimos que um Gil Vicente dominador e que com mérito venceu o jogo. O vermelho é para vermelho e por muito que custe aos sportinguistas, na segunda grande penalidade o jogador do sporting retira a bola do lance com o braço resultando, o resultado disso é óbvio. Mas, nem é sobre os lances, sobre o resultado ou sobre as tais das insígnias de Bruno Paixão que nos indignamos. É sim com a dualidade de critérios existente para com este Clube dos choradinhos e com o que foi feito ao Sport Lisboa e Benfica . Bruno Paixão, ficou sem as tais das insignias, ok, Pedro Proença, lá segue o seu caminho de tal forma que está nos 3 árbitros que podem arbitrar a Final do Europeu 2012. De facto há muito que se perdeu a vergonha.

Mais, a seguir ao jogo Gil Vicente – Sporting, Carlos Freitas disse  querer o “Bruno Paixão banido…”

O director desportivo do Sporting criticou o árbitro Bruno Paixão e disse que foi ele a “resolver o jogo” e não o Gil Vicente.

Lembremos as palavras de Carlos Freitas:

Este senhor [Bruno Paixão] não se limitou a inclinar o campo, resolveu mesmo o jogo“, disse, indignado, Carlos Freitas no final da partida entre o Gil Vicente e o Sporting, da 23ª jornada da Liga de futebol, que os minhotos venceram por 2-0.

Carlos Freitas sustentou ainda que “já não vale a pena pedir audiências a Vítor Pereira [presidente do Conselho de Arbitragem] ou fazer exposições” e sugeriu que a solução para este problema “passa por banir” estes árbitros, sendo que Bruno Paixão, “é um deles“.

É altura do senhor Vítor Pereira, que é o líder desta malta, vir explicar o que se passou nos testes físicos

Quanto a Presidente, recordemos:

Godinho Lopes: “Árbitro incompetente que não devia estar no futebol  e devia ser irradiado do futebol português.”

Para lembrar o tal jogo:

O que interessa reter, o Sport Lisboa e Benfica ficou sem 13 Pontos (TREZE) nesta Liga da Vergonha. A recordar apenas dois jogos e por motivos diferentes.

O primeiro: O jogo com a Académica é aqui recordado porque numa arbitragem escandalosa nem  Jorge Jesus nem Luís Filipe Viera disseram nada. Não se falou de arbitragem após o jogo.

Imaginem isto com as carpideiras do Campo Grande!

Aconteceu algo a este árbitro Hugo Miguel? Não, não aconteceu.

Já no Roubo, Gozo, Falta de Vergonha de Proença no Estádio do Sport Lisboa e Benfica no jogo com o Clube Corrupto por fim Jorge Jesus disse:

Este golo de Maicon poderá ser fulcral na decisão deste Campeonato!!!…Pois em caso de empate entre Benfica e Porto, o Porto vence no confronto directo, podendo dar-se ao luxo de perder e continuar líder” (E FOI FULCRAL)

No lance em causa estavam dois jogadores do porto fora de jogo e um deles era Maicon.”

foi a terceira equipa que nos derrotou

E Luís Filipe Vieira acrescentou:

Viram o que se passou aqui e em Coimbra. Parece-me que Pedro Proença se sente condicionado a apitar o Benfica, então que não apite mais jogos do Benfica. É o desafio que lanço, nomeadamente a Vítor Pereira (presidente do Conselho de Arbitragem)“, apontou Vieira.

O que aconteceu a Proença?  1º Lugar no RANKING dos árbitros portugueses

JJ e Vieira advertidos e multados pela Liga…

 

Andamos a brincar com o fogo senhor Vítor Pereira?

Crime compensa…

Portugal é um país único. Único pela sua beleza natural, pelos seus habitantes, pelas tradições, e único por querer ter regras da elite mundial e ser do terceiro mundo na arte de classificar, onde se premeia a incompetência, e a meu ver isto ateve-se a facto que este país está inundado de corrupção. Como aqui já foi dito anteriormente num post feito por mim que podem ler aqui, nós só copiamos dos outros países o que é mau, o que a mim me custa e muito perceber, e todos os dias me debato com isto, se copiamos ao menos que seja algo bom, digo eu. Só assim explica a classificação que hoje veio a público dos árbitros, é impressionante como se incentiva o fraco, ou por outra forma, assim se vê como se premeia os subordinados do corrupto more. Pois é, foram estes senhores que ajudaram a dar aquelas faixas que o Vitinho tanto queria e que tanto chorou.

Deixo aqui a classificação promovida e que nós, BENFICA POWER, não aceitamos como tal, mas fica aqui a informação para vocês se rirem um pouco assim como nós o fizemos. Para nós é a piada do dia e vocês que acham? Deixem os vossos comentários aqui na página, nós agradecemos ler as vossas opiniões…

 A seguinte informação está diposta no site maiscorrupto.pt, o site que ajuda sempre os mais necessitados a poderem corruper quem quer que seja, esperamos que tenham isto sempre em mente.

O árbitro da A.F. Lisboa, que está no Campeonato da Europa, teve uma nota final de 3,814. Olegário Benquerença foi o segundo classificado, com 3,752, e Jorge Sousa completou o pódio com 3,699.

Bruno Paixão ficou em 14º lugar e arrisca perder o estatuto de internacional, ainda que esteja ainda um recurso pendente no Conselho de Justiça.

O melhor árbitro assistente da época foi Bertino Miranda, que também está no Euro2012, tal como Ricardo Santos, que foi quarto.

Rui Patrício (AF Aveiro), Hélder Malheiro (AF Lisboa) e André Gralha (AF Santarém) são despromovidos à segunda categoria. Luís Ferreira (AF Braga), Renato Gonçalves (AF Guarda) e Manuel Oliveira (AF Porto) fazem o trajeto inverso.

Classificação completa dos árbitros (entre parêntesis a nota final):
1 Pedro Proença (3,814)
2 Olegário Benquerença (3,752)
3 Jorge Sousa (3,699)
4 João Capela (3,670)
5 Artur Soares Dias (3,667)
6 Hugo Miguel (3,660)
7 Jorge Ferreira (3,657)
8 Duarte Gomes (3,644)
9 Manuel Mota (3,642)
10 Carlos Xistra (3,632)
11 João Ferreira (3,632)
12 Bruno Esteves (3,609)
13 Marco Ferreira (3,608)
14 Bruno Paixão (3,602)
15 Paulo Baptista (3,599)
16 Nuno Almeida (3,581)
17 Cosme Machado (3,577)
18 Rui Costa (3,573)
19 Vasco Santos (3,567)
20 Jorge Tavares (3,565)
21 Hugo Pacheco (3,543)
22 Rui Silva (3,527)
23 Rui Patrício (3,512)
24 Hélder Malheiro (3,510)
25. André Gralha (3,499)

O valor da negação

O Sr. Pedro Proença veio hoje a publico falar, parece que se estava a defender com o facto de ter ido à final da Liga dos Campeões, é desculpa para todos os erros que cometeu. Nós por cá vamos reproduzir um frase que ele disse à Antena 1, mas de uma maneira positiva, assim sendo retiramos todos os nãos e o que é menos passa a ser mais, vejamos como fica:

“Os árbitros não marcam golos, não são vedetas e não têm apoiantes. Logo, quanto mais tempo estamos nesta vida menos mais as pessoas (adeptos corruptos) gostam de nós. O nosso papel não é fácil, mas temos de saber viver com as críticas…”

Vejam lá se assim não está bem melhor e coincide com a realidade, este Senhor tem um problema com a negação, pois se fosse mais positivo era capaz de só dizer verdades absolutas e que ninguém questionava, pelos menos nós aqui no BENFICA POWER estávamos de acordo com a versão positiva, e vocês o que dizem???

Em relação à Liga dos Campeões, este Proença é mais cómico ao dizer que “O que posso dizer é que desejo a todas as equipas portuguesas as maiores felicidades em termos internacionais. Espero que consigam o mesmo que as equipas de arbitragem conseguem, pois estivemos na final da Liga dos Campeões…” vejamos o que ele conseguiu com a ilustração que se segue.

Pedro Proença “Os árbitros não marcam golos…” Importa-se de repetir?

Pedro Proença hoje disse:

Os árbitros não marcam golos…

«Os árbitros não marcam golos, não são vedetas e não têm apoiantes. Logo, quanto mais tempo estamos nesta vida menos as pessoas gostam de nós. O nosso papel não é fácil, mas temos de saber viver com as críticas»

Pedro Proença in “A BOLA” 04-06-12

Importa-se de repetir?

Quem “os marca” desta forma dá Campeonatos. Teria direito ao título de melhor marcador.

“O medo impera. E o servilismo também.” António Pedro Vasconcelos

“No espaço de poucos dias, Pinto da Costa referiu-se ao Benfica, sem o nomear (o simples facto de o nomear parece que lhe queima a língua) como sendo “o clube do tempo do fascismo”, e chamou “burros” aos benfiquistas, sem nunca os nomear (a sigla do clube só é usada quando os adeptos e jogadores precisam de se animar com uns cânticos onde chamam nomes às mães dos adeptos do clube dos mouros), a propósito da nomeação de Pedro Proença para apitar a final da Champions. O país não se indignou. A imprensa desportiva assobiou para o lado. O estatuto de impunidade dá o direito a PC de insultar quem quer, de caluniar quem lhe apetece e de incitar ao ódio e à violência sem que ninguém o incomode.

Uns dias depois, no Dragão Caixa, o Benfica sagrou-se campeão de basquetebol, vencendo com dificuldade mas com mérito um adversário de grande qualidade, o que deu mais brilho à vitória. No final de um jogo em que o árbitro não interferiu no resultado, os treinadores cumprimentaram-se, como mandam as regras do fair play.

Mas, quando o jogo acabou, a culminar um clima de insultos e intimidação, os ânimos dos adeptos do FCP exaltaram-se. Agrediram os jogadores, levando a que a polícia não conseguisse garantir a ordem e a segurança e que a Taça fosse entregue ao vencedor nos balneários. Ao que se diz, Carlos Lisboa, treinador do Benfica, não terá resistido a responder às provocações e aos insultos com um gesto menos elegante. Tanto bastou para que o chefe do FCP entrasse no ringue e virasse o ónus da violência para o clube vencedor (como fizera com os famosos túneis da Luz), e vituperasse o comportamento da polícia que tentou, em vão, meter os adeptos do FCP na ordem.

No dia seguinte, Luís Filipe Vieira decidiu finalmente responder ao chefe do FCP num discurso duro, pondo em relevo factos que são conhecidos da opinião pública. O que fizeram a maioria dos comentadores (incluindo alguns que se dizem benfiquistas!)? Meteram tudo no mesmo saco: os insultos de PC e o discurso de LFV, o gesto de CL e a violência dos adeptos do FCP. O medo impera. E o servilismo também.” in record.pt

Nós no BENFICA POWER, perguntamos, todos o sabem e ninguém faz nada???

Casa de alterne arde em Gaia, logo…

Casa de alterne arde em Gaia, logo aumentou, em 10%, as hipóteses de sermos campeões no próximo ano. Pois deste modo os árbitros têm menos um local para irem comer fruta no final dos jogos.

O BENFICA POWER* já contactou alguns árbitros que conheciam a “Casa da Tia”, entre eles estavam os afamados Pedro Proença, Carlos Xistra e Olgário Benquerença, todos eles mostram-se preocupados com o acontecido, disponibilizando-se para ajudar as vítimas. Pedro Proença disponibilizou-se para oferecer um pouco de café com leite, já o Carlos Xistra diz que lá por casa tem alguma fruta que pode oferecer e o Sr. Benquerenças disse que pode dar alguns bilhetes de avião, que sobraram da época passada, para estas poderem regressar ao Brasil.

Assim sendo nós aqui no BENFICA POWER, dizemos a estas meninas que não precisam de se preocupar com os próximos dias, pois nós temos a certeza que pelo Porto não falta quem lhes dê fruta ou café com leite. Temos a certeza que a hospitalidade nortenha não as deixa sem tecto, nem sem comida, basta só esperar que comece a próxima época.

Nós tivemos informações que entrou na Liga de Clubes, uma proposta vinda do FC do Porto para a criação de um gabinete de urgência para estas ocorrências. Vamos ver se esta proposta é aprovada, brevemente teremos mais informações.

Podem ver a noticia original aqui em cm.pt.

*O BENFICA POWER não fala com estas pessoas, pois são pessoas não gratas com o nosso Benfica, dai ser tudo dissimulado, assim como as suas arbitragens o são.

Afinal eles sabem apitar…, mas só quando lhes convém!!!

Depois de ver a excelente arbitragem de ontem de Pedro Proença e da sua equipa, na Final da Liga dos Campeões, entre o Chelsea e o Bayern de Munique, mais me convenço que não poderão ser inocentes as constantes e repetidas péssimas arbitragens deste senhor, quando uma das equipas intervenientes é o BENFICA, ou no sentido contrário, caso uma das equipas intervenientes seja o clube da Fruta!

É que afinal eles até sabem ajuizar bem lances polémicos, mas só quando lhes convém! Ontem foram lances de fora-de-jogo muito bem ajuizados por alguém que não viu um fora-de-jogo que muito provavelmente decidiu uma Liga Portuguesa! Ele foi um penalti muito bem marcado a favor do Bayern, quando se deixaram de marcar penaltis muito mais escandalosos na nossa Liga, pelo mesmo senhor do apito, mas lá está…, eram a favor do BENFICA! Portanto só vai em cantigas quem quer, e depois da arbitragem de ontem, fica mais que provado que este senhor faz tudo premeditado para prejudicar o “seu clube de coração”…, ou será mais correcto dizer, para beneficiar “o clube dos donos”?

E depois existem estes iluminados, que escrevem estas barbaridades…, a que eu chamo coices! In Mais Futebol por Luís Sobral.

“Certamente para desilusão de muitos adeptos do pequenino futebol português, Pedro Proença dirigiu o jogo com muita segurança e praticamente sem erros. Depois do que conseguiu esta noite, segue-se o EURO 2012, onde é, desde já, candidato aos jogos de maior relevo. Claro que nada disto interessa aos génios da arbitragem e aos jogadores, treinadores e dirigentes de crítica fácil. Deviam ter vergonha, se soubessem, o que é.”

Caríssimo iluminado, Luís Sobral, uma vez que percebe tanto de futebol, como pensa perceber, mas que não passa apenas disso…, pensar que percebe…, deve saber que ao contrário do que diz, e principalmente a quem se refere, qualquer adepto da verdade desportiva estava a torcer para que a arbitragem de Pedro Proença lhe corresse bem! Não porque se morra de amores por ele, mas porque apenas viria confirmar aquilo de que o senhor também deve saber! Só falham por cá…, pelo burgo! E sempre contra os mesmos, e por sua vez, sempre a favor dos mesmos!!! E porque será? Diga-me você, porque nós ainda não chegámos lá…

Mas uma coisa disse acertadamente…, “adeptos do pequenino futebol português”…, é mesmo isso! Mas não só…, também diria… adeptos do pequenino e lacaio jornalismo português! É praticamente tudo farinha do mesmo saco…!

Vitória & Mérito e os verdadeiros Campeões

Todos querem ter sucesso, ou pelo menos aparentar ter esse mesmo sucesso. Para mim, sucesso implica vitória, e vitória implica mérito. Isto, para mim é muito simples de perceber.

Considero uma vitória como uma vitória inválida se for obtida sem mérito. E hoje em dia… parece que muito pouca gente liga ao mérito… Temos meio mundo a atropelar o outro meio, sem apelo nem agravo! Depois, todos, mas todos nos queixamos disso, nem que seja de uma forma disfarçada… Pelas mais variadas razões! Cada um com as suas. Fantástico não é? “Isso é algo para os outros, certo?

Mas o que é mérito? Mérito é a justiça da vitória! É o resultado do trabalho feito. É o resultado de acreditar em algo, e fazê-lo com o respeito pelos outros. É a vitória em que o fim realmente justifica o meio! Porque não atropelámos nada. Tem mérito quem merece!… Porque fez por isso. Porque foi forte.

O sucesso é consequencia de vitórias. Mas o sucesso só tem sabor com mérito… ou… devo estar enganado, pelo que vejo por aí. É bem sucedido quem mais atropela e esmaga…

Eu acredito na “meritocracia”… Se calhar é mesmo uma utopia. Infelizmente, só as bestas é que vencem no cenário actual. Vejo isso todos os dias a acontecer… Cada vez mais se valoriza menos o mérito. Só números e resultados.

Deixarei para outro dia os tais “meios que justificam os fins” e que permitem a umas centenas de pessoas estar numa Avenida com o nome que no momento não deixa de ser curioso “Aliados” e confinados apenas a uma localidade a festejar…pois a festejar o quê?

O Mérito, não será concerteza. Os meios? Hummm… talvez…

Por indução o BENFICA POWER como é óbvio sendo congruente com o que acredita afirma que:

NÃO RECONHECE CAMPEÃO NACIONAL DA LIGA ZON SAGRES

Claro, é a nossa opinião, mas estamos em crer que se colocada à consideração de quem acredita no mesmo que nós – Um Campeão com Mérito –  apenas restarão sem concordarem connosco aqueles que porventura precisem chamar à tal Liga, não Zon Sagres, mas sim LIGA PROENÇA.

Estando a falar de mérito é justo considerar quem de facto o merece. Aqui fica a nossa homenagem a quem teve o MÉRITO  de executar tão bem o que lhe foi pedido.

Carta aberta a Pinto da Costa

18 de Março de 2012
Folgo muito em saber que continuas com o teu habitual sentido de humor, sempre apurado, e que tem como alvo predilecto o Benfica.
Mas já há uns tempos que não nos brindavas com nenhuma pérola, o que começava a ser de estranhar. Mais de três semanas sem uma piada tua sobre o Benfica e eu começo logo a sentir falta de alguma coisa na minha vida. Sabes, com o tempo, habituei-me como tu, como dizem no norte, “afeiçoei-me” às tuas graçolas sobre o Benfica.
O futebol é, normalmente, vivido de forma demasiado séria pelas pessoas.É tudo paixões assolapadas, sentimentos irracionais, ódios e ciúmes e invejas. Não há espaço para o humor, para a sátira, para a subversão divertida e provocatória. Olhamos em volta e vê muito poucos dirigentes com graça. São todos muito sérios muito trombudos. Tu não. Tens cada vez mais um ar de velho gaiteiro e malandreco.
Lembras-me aqueles senhores todos aprumados que vão dançar aos Alunos de Apolo com a “Senhora”, e se perfumam e vestem para a ocasião. E depois, à saída, todos ufanos, mandam umas bocas, para impressionar as donzelas cujo coração palpita de emoção. Tu és assim. “Provavelmente vais rodar os jogadores menos utilizados“, disseste a propósito do jogo com o Benfica, na próxima terça-feira. E eu a pensar “lá está o velho pirata com as pantominas dele”. O que te deves divertir a fazer chacota de nós! Melhor mesmo só ganhar  jogos seguidos com golos fora de jogo e penalties à FCPorto. Melhor mesmo só veres o Benfica ter tido até agora pontos subtraidos e penalties marcados por Equipas patrocionadas por ti. Ah, está certo, isso é na Liga Proença. A Taça da Liga? Mandas essas pantominas para o ar a antecipar o que de mais natural existe, ou seja, veres-te perante a verdade desportiva sem conseguires recorrer à fruteira.  Ah grande pirata, melhor era impossível, certo? Errado. Ainda conseguiste melhor ao minimizares uma competição que nunca ganhaste. e a encobrir com esse laisser fair laisser tomber a verdadeira expressão da tua Equipa.. Com esta então, superaste-te meu velho gaiteiro. É pá só me fez confusão uma coisa, então dizes que só bebes água (Vitalis) à refeição e tens um Verde no copo e uma cor vermelha no nariz? Ah pantominas, o asilo da terceira idade está mesmo a fazer-te bem. Olha, vê lá estás a tomar os medicamentos ok? Faltas-te à última consulta e conforme te disse precisas de vir à minha consulta uma vez por mês. Ó Jorge Nuno, já te disse, assim o estrebuchar do polvo torna-se demasiado evidente. Freud diria, com razão, que essa pantomina onde agora te meteste hoje é um mecanismo de projecção de um sentimento de pré-protecção, segundo o qual nós projectamos nos outros aquilo que nós somos.

Isso quer dizer que o Proença e o Xistra não jogam???

“Pinto da Costa diz que o campeonato é a grande prioridade do FC Porto, por isso, considera que não será de estranhar se Vítor Pereira lançar «os jogadores menos utilizados» no encontro com o Benfica, no Estádio da Luz, referente às meias-finais da Taça da Liga. «Tudo pode acontecer nesses jogos. Este não tem a importância dos outros. Não é uma prova secundária mas os clubes até aproveitam para rodar jogadores menos utilizados. É isso que provavelmente vamos fazer» (in abola)

Sim é uma pergunta pertinente, não é? Jogando os jogadores menos utilizados deve querer dizer que o Proença e o Xistra, não devem “jogar”! Sem dúvida um motivo para sentir-mos como Benfiquistas algum alívio! Agora quanto aos outros e não jogando estes, até podes colocar em campo onze Hulk’s…, aquele que vale cem milhões de euros e que joga que nem um doido, que nós cá tomamos conta deles! De igual para igual, levas baile, como já levaste, mas ficas envergonhado! Acredita que sim…

Depois quem ouça falar assim este “senhor” deve pensar que o clube da fruta está na final da Taça de Portugal, nos quartos-de-final da Liga dos Campeões, que anda abastado à frente do Campeonato, e que nem tem precisado de factores externos para estar onde está neste momento! E então vamos MAIS UM ANO desvalorizar esta competição! “Sócio” vocês não jogam nadinha…, e tu sabes isso melhor que ninguém! Sois reles este ano a jogar futebol, e sem os “jogadores” que dizes que vais deixar de fora e que nestas últimas jornadas te puseram onde estás, tinhas que te agarrar a esta competição com tudo e caso fosse assim lá tinha que vir um desses dois a apitar na Catedral e efectuar outro…, como é que hei-de dizer isto sem ferir susceptibilidades…, ROUBO (parece-me bem…)! Um conselho…, começa a dosear mais a fruta, para ver se te sobra alguma para esta competição, e dessa forma aspirares a ganhá-la! Porque doutra maneira não estou a ver…

Tu já sabes bem o que te espera esta terça-feira, daí este discurso banalissímo…, sabes quando é que tu vais deixar de desvalorizar a Taça da Liga? Quando tiveres mais que as três em quatro, ganhas pelo BENFICA! E sabes quando é que isso vai ser? NUNCA!!!

A má disposição continua…! Serão problemas de consciência?

Pelos vistos as más disposições do árbitro Pedro Proença continuam! Desde que apitou o BENFICA-porto, não tem andando lá muito bem! Depois de se ter sentido mal no jogo da Champions League entre o Inter e o Marselha, hoje pelos vistos no jogo Académica-Paços de Ferreira, pediu para sair aos onze minutos de jogo, sendo substituído por Tiago Martins, que desempenhava as funções de quarto árbitro.

“O árbitro Pedro Proença sentiu-se mal esta tarde, enquanto apitava o Académica-P. Ferreira. Estavam decorridos onze minutos quando o juiz lisboeta começou a sentir-se mal e pediu para sair.” (in MaisFutebol)

Conforme o BENFICA POWER tinha já aqui destacado aquando da primeira indisposição do árbitro, das duas uma! Ou anda a faltar fruta, ou é fruta a mais!

Ou será consciência pesada? Os bruxedos calham a todos, pá…

Nomeações dos árbitros para a próxima jornada. Onde está Marco Ferreira?

Sobre as nomeações dos árbitros para a próxima jornada:

Adoro fazer-me passar por parvo perante um estúpido que se julga inteligente, por isso apenas comento o seguinte:

Carlos Xistra no Nacional – Porto
regresso de Proença para um discreto jogo, até que pensem que nos esquecemos.

E ainda mais curioso: Marco Ferreira, o árbitro que apitou o Porto – Académica? Onde está? Nem na liga da Orangina !

Podemos parecer marinheiros, mas não andamos a ver navios

Mapa completo de nomeações:

Sexta-feira, dia 16 de março:
Nacional – FC Porto, Carlos Xistra (AF Castelo Branco)
Benfica – Beira-Mar, Manuel Mota (AF Braga)

Sábado, dia 17 de março:
UD Leiria – Rio Ave, Rui Silva (AF Vila Real)
Feirense – SC Braga, Duarte Gomes (AF Lisboa)

Domingo, dia 18 de março:
Académica – P. Ferreira, Pedro Proença (AF Lisboa)
V. Setúbal – Marítimo, João Capela (AF Lisboa)
V. Guimarães – Olhanense, Vasco Santos (AF Porto)

Segunda-feira, 19 de março:
Gil Vicente – Sporting, Jorge Sousa (AF Porto)

 

O Filho da Fruta…

“Pedro Proença sentiu-se mal após ter apitado o Inter de Milão-Marselha, na terça-feira, e teve mesmo de receber uma massagem cardíaca nos balneários.”

Óóóhhhh, parece que o senhor sentiu-se mesmo mal! Tadinhoooo…., acho que isto vai um pouco contra aquilo que os médicos nos fazem querer passar em que a fruta faz bem à saúde! Se calhar não faz assim tão bem…, o Pedro Proença tem que se aguentar e passar a comer outras coisas…, fruta, fruta, fruta…, isso vai acabar por dar cabo de ti, rapaz!

Numa primeira fase e para começares a fazer o desmame, nós aqui no BENFICA POWER, aconselhamos-te a levar na bagagem uns boiões de fruta, daqueles que os bebés comem, sabes…? Antes dos jogos comes um ou dois, e no final comes outro…, sempre te mata o vício no corpo e talvez a disposição para arbitrares seja outra. Isto porque compreendemos que para ti arbitrar um jogo em que a fruta não te sacie, e em que as coisas tenham que correr como mandam as leis, te cause alguma indisposição e te sintas mal depois do jogo. Chegas ali ao balneário e há algo que te falta, não é?…, nós percebemos Pedrito…! O corpo pede-te algo, não é?… Mas para não ser assim uma mudança muito radical, ao intervalo podes comer uma banana…, mas vê bem por onde…

Força nisso, Pedro! Tu vais conseguir ultrapassar essa dependência!…, ou não…

A montanha pariu um rato…

Depois de uma “magnífica exibição” no Estádio da Luz, ontem os senhores da fruta, não foram além de um empate no estádio do dragão com a Académica, deixando no ar a sensação que o seu melhor jogador, e que infelizmente para eles ontem não esteve em campo, leia-se, pedro proença, faz uma falta enorme e foi mesmo o melhor elemento do porto no jogo da Luz.

Uma coisa é certa, os homens da fruta não jogam nadinha….! Fraquinhos…, fraquinhos…, um treinador que dá dó.., e só mesmo as acrobacias e artimanhas das terceiras equipas que vão actuando com eles, os colocam na posição onde estão.

Ontem mais uma vez, tentaram-se algumas artimanhas, só que não foram suficientes para os três pontos. O penalti da ordem que dá o empate à fruta, lá surgiu aos 90 minutos…, e se o jogo durasse mais uns minutos para além dos OITO de compensação…, que inicialmente até eram só CINCO, talvez a coisa ainda se orientasse! Leva-me a crer que se não aparecesse aquele penalti, ainda lá andavam a esta hora, até empatarem…! Uma situação a reter é o facto de as mãos dentro da área quando são a favor do Benfica, serem sempre “à queima”, ao invés, quando são a favor do porto, desviam sempre a trajectória da bola que vai em direcção à baliza! E para os mais distraídos, parece que os da fruta já vão em CINCO jogos seguidos a acabar os jogos a jogarem contra DEZ! Quando eles próprios terminam os jogos com ONZE, sem saber bem como, tal é a quantidade (com qualidade…) de miminhos que distribuem dentro de campo aos seus adversários! Critérios uniformes precisam-se!

Uma situação que vou ter curiosidade em matar, é o que irá acontecer ao árbitro deste jogo, Marco Ferreira, nas próximas jornadas…, pois o homem bem tentou, mas não foi suficiente! A classe da fruta este ano é muito baixinha e alguns árbitros ainda têm dificuldade em fazer tudo sozinhos, como fazem já com uma perna às costas os “profissionais”, xistras e proenças…! Uns peritos já na arte de falsificar e camuflar resultados, só com um apito e dois amigos com bandeiras nas mãos!

Uma última nota de destaque, e esta direccionada para o nosso Presidente! Não volte atrás por favor com a nega que deu ao canal da fruta! Ontem mais uma vez foi vergonhosa a transmissão daquelas “ditos jornalistas”! Comentários e imagens, feitas para camuflar algo e qualquer coisa que possa ser suspeita a favor da corrupção! As repetições então, é algo abismal! Se for necessário dão DEZ repetições de um lance para tentarem descobrir se a bola tocou na unha do polegar da mão de uma jogador adversário da fruta! É incrível, revoltante e vergonhoso! Que se sustentem com as vergonhas deles, e não com o nosso PRESTÍGIO!!!

Descubram as diferenças…

Nada melhor que uma “xistrada” nesta jornada, para prolongar a “proençada” da jornada passada…! Ora vejam lá se descobrem as diferenças nas imagens!

Pois claro…, na primeira já nem é preciso falar! Dois jogadores do porto escandalosamente em fora-de-jogo, mas o árbitro assistente nem viu! Afinal deu o golo da vitória a quem lhe pagou, e também eram só dois jogadores que estavam para lá da linha…, coisa pouca!

Na segunda imagem, lance que origina golo do Leiria, e que dava o empate (1-1) frente ao braga! Mas…, pasmem-se…, o árbitro assistente, viu ali fora-de-jogo!… E vejam a “excelente” colocação do “bandeirinha”…, uma posição perfeita para tirar o fora-de-jogo!

Quais são as diferenças? Isso mesmo…, as equipas em jogo!!! Vale tudo, meus amigos!!!