Tagged: Luís Filipe Vieira

A verdade é ódio para os que odeiam a verdade

Pinto da Costa“Era sabido. Terminado vitoriosamente o jogo, frente ao Sporting, começaram a ser disparados mísseis falaciosos com origem no Porto.

Vale tudo, mesmo tudo. Até vale uma refeição do presidente, Luís Filipe Vieira, com personalidades políticas, denúncia feita por alguém que sempre teve, ele sim, relações promiscuas com dirigentes partidários. 

Vale tudo, mesmo tudo. Com um descaramento indecoroso, vale acusações a um árbitro que, melhor ou pior, não esteve envolvido no famigerado Apito Dourado. De resto, o mesmo juiz que expulsou Aimar, na pretérita temporada, num episódio passível de crítica.
De resto, um auxiliar que validou, também recentemente, um golo irregular, na Luz, ao FC Porto. O problema é o próximo jogo na Madeira. O Benfica vai jogar frente ao Marítimo? Vai, mas também vai jogar contra todos os seus detratores.
A partida deve ser decisiva no atinente à conquista do título nacional. Com todo o cinismo, quem até se permitiu dar conselhos matrimoniais a árbitros, virou virgem, virou coisa imaculada.
O Benfica está preparado. A pressão é brutal, mas o colectivo está preparado, bem preparado. E os adeptos sabem o que está em causa, sabem que há quem tudo faça, nestas horas que antecedem o embate, para viciar o resultado, para obstar ao triunfo vermelho. São métodos do passado, desse passado que inquinou a Verdade Desportiva, que adulterou resultados, classificações, troféus.
Vamos ganhar na Madeira, vamos dar um passo agigantado rumo ao título.
Malheiro e EusébioEstamos UNIDOS nesse propósito. Enquanto isso, o desplante continua. As falsas virgens mugem, nós queremos e vamos ganhar. Também contra a prostituição futebolística.»
– João Malheiro, jornal ‘O Benfica’, 26 de Abril de 2013
Anúncios

A mudança é inevitável, o progresso, opcional. Sem a primeira o segundo não existe.

  • Sobre Luís Filipe Vieira

O frenezim opinitativo que obviamente surge após as declarações do Presidente do Sport Lisboa e Benfica existe algo a comentar sobre que usa discursos retóricos próprios de quem se pendura no autocarro do populismo. Autocarro cujo nome é “DÁ MAIS JEITO”.

Antes porém e de forma muito simples procurarei desligar o complicómetro que circula neste momento entre parte dos benfiquistas.

Directo à ferida aberta:

2 titulos em 11 anos

Isto passado assim “tout court” digo ser e com todas as letras MANIPULADOR. Reportando-me apenas à era JJ, ninguém duvida que à excepção do Campeonato de hà 2 anos tivemos dois desvirtuados de forma escandalosa? Logo, a existência de verdade desportiva culminaria neste moomento com um correcto e verdadeiro balanço de de 3 títulos em 4 anos? Alguém dúvida? Se sim, das duas uma ou andaram a brincar na altura em que tudo se queixou ou afinal pactuaram com os objectivos roubos sobre a nossa Equipa:

#1 de á 3 anos atrás, dos 7 jogos inciais do Campeonato, bastaram 5 onde fomos literalmente afastados da luta pelo título com as arbitragens que estão bem documentadas.

#2 Do ano passado, pela que por alguma razão ficou conhecida pela segunda liga Proença, escuso de enumerar a forma como fomos espoliados do título.

Agora, o que se lê sobre a tão douta opinião que por aí se vê de estarem confusos ou indignados pelo discurso de Luís Filipe Vieira. Antes de aprofundar a minha opinião sobre isso, digo, quero um Benfica que saiba viver com o que tem e não que vá atrás de lunáticos que pensam que temos um dono da Aljazeera a injectar dinheiro. Se bem que petróleo & dinheiro não compram títulos, glória nem muito menos dignidade. E aqui é o que se passa. Lembro que o simbolo do Benfica é uma águia e não um leão e não equipamos às riscas mas de vermelho sangue. E quero que continue a equipa por muito mais tempo. Os outros que façam o que bem entenderem.

Então vamos lá, vamos lá à indignação e confusão (não verdadeira, porque o tema é bem simples) que fez em certas mentes a chamada à realidade por LFV.

Não tenho nenhuma objecção moral de princípio à mudança de opinião. Se tomo uma certa decisão, com base num conjunto de dados que depois se vêm a revelar falsos ou incompletos. E penso que não sou assim tão extraordinário quanto isso, pois não? A maioria de nós segue pela mesma bitola, adaptando as suas posições às circunstâncias, consoante o devido e perante a alteração constante das mesmas…(descobri a pólvora? Claro que não.) Mas porque é que os nossos opinadeiros, Media e quem em torno deles orbitam e ainda benfiquistas acreditam de uma forma tão inquestionável de que “mudar de opinião” é negativo, e uma espécie de sinal de fraqueza ou de falta de inteligência? Os nossos dirigentes não têm que ser infalíveis, sobretudo, se as condições que os levaram a decidir por um lado ou por outro, mudarem. Este tique é provavelmente uma sobrevivência do Salazarismo, onde se defendia a tese de que o “Governo” (tido como coisa supra-humana e impossívelmente distante) nunca podia ser colocado em questão, porque ele sabia sempre o que era melhor para o “Povo”. Agora, num mundo onde Alvin Tofler reconheceu na já longínqua década de 80 que não só a mudança era cada vez maior, como também o próprio ritmo da mesma, será razoável esperar que alguém mantenha a mesma opinião para… Sempre? Será este um tique ainda proveniente do estrato “imperial romano” ainda tão marcante no substrato moral e político mediterrânico? Será que esta devoção pela “infabilidade política” é um traço ausente da mentalidade nórdica?

Santa paciência, preocupem-se com o que está a acontecer na Europa do Futebol e que mais tarde ou mais cedo nos tocará, fazendo-nos lamentar dizendo “ahhhh o tempo em que eu era SÓCIO” e deixem-se de retórica. Nota, isto não invalida, que me surja alguém fidedigno, credível com ideias realistas e inovadoras para ser de facto a alternativa a LFV. Quem avança? Pois…

Não devemos ser escravos das decisões que tomamos; podemos ceder às circunstâncias, sem medo de mudar se necessário.

Vou mais longe, e digo qualquer extremo é um erro” neste momento por aó quem me estiver a ler deve estar a pensar “Ih… mais uma relativista”. No entanto o que vos quero passar é isto, na mudança há uma “unidade”! Ser flexível não significa ser fraco, ou não ter personalidade, pois não importa quão delicada e frágil seja uma situação, porque existem sempre pelo menos, dois lados.

Por fim, o meu receio, o nosso mundo é feito de aparências, nesse contexto, é impossível que possamos realmente ter uma visão sobre todos os ângulos antes de nos dotar de uma opinião, esta corre um sério risco de vir a se tornar num preconceito se virmos a desenvolver resistência a qualquer mudança de paradigma. E a minha preocupação paradoxalmente vem principalmente de benfiquistas que escrevem por aí umas coisas em páginas onde por ser colocado o nome “BENFICA” julgam poder debitar informações a cada dia, mas sempre a a dizer o mesmo. E pasme-se há quem vá atrás dessas prosas. Informação deve oferecer sempre novas possibilidades e vertentes, analisar cada uma e uma forma de nos mantermos atualizados, a idéia do geocentrismos e de que a terra era chata era suficiente a realidade de mundo dos pré copernianos, nosso tempo nos revela uma variedade de luzes cada vez maior em um ritmo cada vez mais frenético, se adaptar e evoluir enquanto ser humano. Mesmo dentro de um “centro” imutável o nosso pensamento pode alterar-se”, isto porque podemos rever “particularidades” que antes não nos ocorriam.

A reflexão exerce papel activo! Acharmos que “não mudar” é uma virtude por si é no mínimo uma ingenuidade, quando não “burrice”. Evidente que existem parâmetros imutáveis sendo o maior O SPORT LISBOA E BENFICA, contudo, penso que constitui um sinal de crescimento individual quando já não pensamos do mesmo modo que há alguns anos… Às vezes, basta uma troca de idéias com um amigo para revermos a nossa posição num assunto; às vezes, a mudança vem gradativa, com questionamentos, com retrocessos, com dúvidas, até que o nosso pensamento de facto se modifique. Ah! É bom dizer que, dependendo da “mudança de opinião”, assumi-la pode ser algo bem distante de fraqueza; pode ser um verdadeiro acto de coragem – força.

FORÇA LUÍS FILIPE VIEIRA ! PARABÉNS PELA CORAGEM DE NÃO MOSTRAR O MUNDO APENAS COR DE ROSA

FORÇA CANDIDATO A CONCORRER CONTRA LFV. Nas condições referidas só tratará tudo de positivo ao nosso Clube.

FORÇA BENFICA !

Ó Baptista, não sai mais vinho para a mesa do Sr Bruno Carvalho

“Queremos um Benfica Campeão”

Que excelente frase ! Um verdadeiro achado, uma frase lapidar para ser gravada num mural na entrada da Catedral.

Quem o diz é um verdadeiro visionário. Como iria um Benfiquista lembrar-se de tal coisa? Que extraordinária constatação…Sendo benfiquista, nunca poderia imaginar tal objectivo.

Infelizmente, “apenas” me lembro de primeiro, por culpa própria (após Jorge de Brito) termos permitido que o Sistema se tivesse apoderado do que se apoderou (incluíndo o cérebro de ervilha do leão). Após o que, esse mesmo Sistema fez o que bem quis e entendeu por 3 décadas, e nos registos Oficiais lavram não sei quantos titulos sujos. Mas estão lá. 3 décadas que fazem da Justiça Desportiva uma anedota mesmo se contada no reino das Berlengas à abundande população de gaivotas. 3 décadas que apenas a Justiça da Consciência de quem não foi chipado pelo polvo azul sabe serem a vergonha nacional (não só desportiva).

“Queremos um Benfica Campeão” que maravilha! Os portistas nunca se lembraram de tal frase nem de tal vontade, os sportinguistas também não, Os madridistas também não, os do Barça idem, os milanezes nem pensar….

Infelizmente a Internet tem de positivo quase tudo, menos um corrector de Wishfull Thinkings gastos.

Pois bem, não tendo sido o génio que decobriu esta verdade do “Queremos um Benfica Campeão” “apenas” pedi que ao SL Benfica fosse devolvida a sua histórica cara lavada, a recuperação da credibilidade do Clube, mas de forma sustentada, sabem, aquela de não termos contas da luz ou da água, por pagar, coisas menores….

Coisas “menores” que estão tratadas e de forma sustentada.

Pedi que o SL Benfica fosse além de eclético e um mero participante em modalidades, que lutasse pela vitória em todas elas. Neste momento, é uma realidade.

Pedi que não fosse possível chegar aqui uma Fiorentina e nos desviasse um Rui Costa contra a sua vontade para podermos pagar as continhas da lavandaria e do talho por andarmos de calças na mão. Neste momento, em contra ciclo com a infeliz realidade do país, a capacidade negocial do SL Benfica fala por si. Não nos aparecesse aqui um qualquer barrabotas a acenar de forma irónica com uma esmolinha e nos leva qualquer jogador. Está atingido esse objectivo, e numa altura, em que lembro, Luis Filipe Vieira disse aos benfiquistas faz mais ou menos um ano que não esperassem grandes investimentos. Por ventura muito benfiquista estaria mais contente com o discurso evasivo de Godinho Lopes enviado aos associados do SCP ou com a salganhada de contas do FCP. Lamento, eu não. Prefiro a clareza de processos.

Anjinhos? Só no Céu. Luis Filipe Vieira, iniciou o seu mandato de forma titubeante e inexperiente mas tem vindo a aprender que se queremos paz, o melhor é prepararmo-nos para a Guerra. Não chegou ainda ao patamar que sei ser possível à figura que lidera o Sport Lisboa e Benfica, mas tudo tem para lá chegar. Qual o meu ideal num presidente do Sport Lisboa e Benfica? Simples, que negoceie como Churchill e actue como o Patton.

“Queremos ser Campeões” Claro que queremos, mas antes existem felizmente pessoas que vos preparam o terreno para que não sejam motivo de chacota ao dierem tal frase.

Faz falta uma candidatura, atenção, falo em Candidatura, não em lunáticos a quem já mandei tirar o garrafão da mesa….”Ó Baptista, não sai mais vinho para a mesa do Sr Bruno Carvalho“. Uma candidatura que me faça pensar e não vomitar. Ela é necessária, existem aspectos importantíssimos a serem discutidos, aspectos a sabermos qual a posição da actual direcção e desta forma arriscamo-nos a que o actual Presidente por mais que queira se não tiver um candidato pela frente pode não esclarecer, não por maldade, mas por falta de interlocutor.

Por fim, aos que diariamente mandam imagens, comunicados (ainda por cima pessimamente redigidos) que (sem ironia) apresentem ideias sem ser essa do “Quero ser Campeão” (quanto a esta douta frase,tenham calma que o vão ser) ou das contas mal apresentadas, nesta é nitida a falta de conhecimento económico financeiro mesmo ao nível mais básico. Confrangedor, ler o que se comenta neste aspecto.

Querem ideias? Eu ajudo.

#Estamos atentos ao nascimento de uma nova realidade a nível Europeu pela compra de Clubes por parte de magnatas e empresas por meios menos transparentes que contornam de forma ridicula as normas da UEFA estabelelidas na FFA?

#O que pode ser feito para tornar a marca Benfica mais agressiva em termos comerciais? O que pode ser feito para tornar a imagem institucional do Sport Lisboa e Benfica adequada aos tempos que decorrem, para vermos os canais oficias de comunicação do Sport Lisboa e Benfica mais libertos de movimentos e mais inovadores? Os orgãos oficiais do Sport LIsboa e Benfica tem de ser a Máquina que nos puxa e não o contrário.

Há uns anos atrás, finais dos anos 80, era olhos nos olhos que olhavamos qualquer adversário. Por fim isso está a voltar e não foi com escritas inócuas no facebook que tal foi conseguido. Foi com trabalho e estratégia clara no rumo a tomar. Mantendo-o, auguro algo de muito positivo ao SL Benfica num curto prazo de 2 a 3 anos e que por fim permitirá a quem agora anda nas correntes caricatas do Facebook com slogans “Queremos um Benfica Campeão” ter de arranjar um outro Slogan. Sejam criativos, justos e já agora, menos cu no Sofá e mais acção no apoio ao Sport Lisboa e Benfica !

Saudações Gloriosas

Sporting pede? Vítor Pereira faz !

Soube-se hoje o motivo pelo qual Bruno Paixão ficou sem as insignias da FIFA. Eis o que a notícia do Jornal Record diz:

O advogado de Bruno Paixão fez chegar à redação do Jornal Record um esclarecimento, no qual responsabiliza Vítor Pereira, presidente da Comissão de Arbitragem da FPF, pela perda das insígnias de internacional por parte do árbitro setubalense.

Segundo o documento, na base da má classificação de Paixão na época que agora termina está a decisão de Vítor Pereira de, na sequência de uma reclamação do Sporting, rever a nota do juiz do Barreiro na partida Gil Vicente-Sporting, disputada a 19 de março.

O observador ao jogo, Humberto Gonçalves, avaliara com 3,4 a atuação de Paixão; nota que seria revista para 2,0 pelo presidente dos árbitros. Ora, esta alteração, que vai contra as normas da UEFA, fez com que o juiz acabasse mal classificado e perdesse o estatuto de internacional.

Assim se confirma o que há muito se tinha como certo, embora de forma tácita. A Arbitragem em Portugal, é um mundo estranho, autocrático, manipulado e manipulável ! Não quero saber se é com Bruno Paixão, Xistra, Sousas ou sejam lá quem eles sejam. É por demais evidente o conluío existente.

Mas tomando este caso como exemplo, o Sporting Clube de Portugal fazendo juz à sua fama, de Clube das carpideiras, dos lutos e de Viscondes que apesar de não terem um cêntimo, ainda usam o brasão para “assustar” os “Vítor Pereiras” do nosso País.

Queixou-se o Sporting da actuação de Bruno Paixão aquando do jogo da época 2011/12. E Vítor Pereira lá fez o favor de baixar a nota que o observador tinha dado ao árbitro de 3,4 para 2,0. Com isto, segundo o representante de Bruno Paixão, perdeu as insignias da FIFA pela posição que ficou no tal Ranking que apenas é entendido se o viramos ao contrário. A fazer fé nas palavras do Advogado de Bruno Paixão, tal é contra a regulamentação da UEFA, a ver vamos então.

Posto isto e após ver o jogo, mais não vimos que um Gil Vicente dominador e que com mérito venceu o jogo. O vermelho é para vermelho e por muito que custe aos sportinguistas, na segunda grande penalidade o jogador do sporting retira a bola do lance com o braço resultando, o resultado disso é óbvio. Mas, nem é sobre os lances, sobre o resultado ou sobre as tais das insígnias de Bruno Paixão que nos indignamos. É sim com a dualidade de critérios existente para com este Clube dos choradinhos e com o que foi feito ao Sport Lisboa e Benfica . Bruno Paixão, ficou sem as tais das insignias, ok, Pedro Proença, lá segue o seu caminho de tal forma que está nos 3 árbitros que podem arbitrar a Final do Europeu 2012. De facto há muito que se perdeu a vergonha.

Mais, a seguir ao jogo Gil Vicente – Sporting, Carlos Freitas disse  querer o “Bruno Paixão banido…”

O director desportivo do Sporting criticou o árbitro Bruno Paixão e disse que foi ele a “resolver o jogo” e não o Gil Vicente.

Lembremos as palavras de Carlos Freitas:

Este senhor [Bruno Paixão] não se limitou a inclinar o campo, resolveu mesmo o jogo“, disse, indignado, Carlos Freitas no final da partida entre o Gil Vicente e o Sporting, da 23ª jornada da Liga de futebol, que os minhotos venceram por 2-0.

Carlos Freitas sustentou ainda que “já não vale a pena pedir audiências a Vítor Pereira [presidente do Conselho de Arbitragem] ou fazer exposições” e sugeriu que a solução para este problema “passa por banir” estes árbitros, sendo que Bruno Paixão, “é um deles“.

É altura do senhor Vítor Pereira, que é o líder desta malta, vir explicar o que se passou nos testes físicos

Quanto a Presidente, recordemos:

Godinho Lopes: “Árbitro incompetente que não devia estar no futebol  e devia ser irradiado do futebol português.”

Para lembrar o tal jogo:

O que interessa reter, o Sport Lisboa e Benfica ficou sem 13 Pontos (TREZE) nesta Liga da Vergonha. A recordar apenas dois jogos e por motivos diferentes.

O primeiro: O jogo com a Académica é aqui recordado porque numa arbitragem escandalosa nem  Jorge Jesus nem Luís Filipe Viera disseram nada. Não se falou de arbitragem após o jogo.

Imaginem isto com as carpideiras do Campo Grande!

Aconteceu algo a este árbitro Hugo Miguel? Não, não aconteceu.

Já no Roubo, Gozo, Falta de Vergonha de Proença no Estádio do Sport Lisboa e Benfica no jogo com o Clube Corrupto por fim Jorge Jesus disse:

Este golo de Maicon poderá ser fulcral na decisão deste Campeonato!!!…Pois em caso de empate entre Benfica e Porto, o Porto vence no confronto directo, podendo dar-se ao luxo de perder e continuar líder” (E FOI FULCRAL)

No lance em causa estavam dois jogadores do porto fora de jogo e um deles era Maicon.”

foi a terceira equipa que nos derrotou

E Luís Filipe Vieira acrescentou:

Viram o que se passou aqui e em Coimbra. Parece-me que Pedro Proença se sente condicionado a apitar o Benfica, então que não apite mais jogos do Benfica. É o desafio que lanço, nomeadamente a Vítor Pereira (presidente do Conselho de Arbitragem)“, apontou Vieira.

O que aconteceu a Proença?  1º Lugar no RANKING dos árbitros portugueses

JJ e Vieira advertidos e multados pela Liga…

 

Andamos a brincar com o fogo senhor Vítor Pereira?

Palavras de Luís Filipe Vieira – O presidente de todos os Portugueses

«É minha ambição combinar experiência e juventude» – Luís Filipe Vieira

Luís Filipe Vieira deixou, esta terça-feira, mensagem de confiança e otimismo aos atletas de todos os escalões de formação das várias modalidades do Benfica.

«Espero, dentro em breve, poder ver muitos destes jovens atletas a competir nas nossas equipas profissionais. É minha ambição combinar nos próximos anos a experiência e a juventude, e começar a poder aproveitar todo o trabalho que os nossos escalões de formação têm vindo a desenvolver», disse o presidente dos encarnados no encontro com os jovens atletas do clube, no Pavilhão da Luz.

«As modalidades fazem parte da história do Sport Lisboa e Benfica e todo o esforço que fizemos durante os últimos anos vai continuar. O trabalho que temos vindo a fazer nos escalões de formação das várias modalidades é algo de que me orgulho e, tenho a certeza, começará a dar frutos muito em breve», vaticinou, sublinhando: «O trabalho desenvolvido tem melhorado as capacidades dos atletas, formando jovens que poderão aspirar a fazer parte dos nossos planteis profissionais num futuro muito próximo».

Luís Filipe Vieira frisou que «os resultados só podem aparecer e durar quando são estruturados e quando os seus alicerces são sólidos».

«É assim que temos vindo a trabalhar nas modalidades, todas – a nível profissional – com capacidade para discutir os respetivos títulos nacionais, todas com uma boa organização a nível da formação que tem sabido evoluir de ano para ano, todas vítimas, no passado, de uma gestão danosa que durante anos ameaçou a sua existência», lembrou, congratulando-se com o facto de o Benfica ter «mais de oito mil atletas» em todas as modalidades e escalões etários, «número impressionante» que constitui motivo de orgulho e que «dá a real dimensão do trabalho produzido».

«Assumimos aqui não apenas o papel do Sport Lisboa e Benfica, mas também o papel do Estado. O que investimos na formação é um serviço que prestamos a milhares de jovens e respetivas famílias que, se não fosse por esta via, não teriam acesso ao desporto. Este é um papel que na maior parte das vezes o Estado beneficia e não reconhece. Mesmo assim vamos continuar a trabalhar da mesma forma que até aqui fizemos», declarou, realçando que «a força do Benfica está no coletivo, na capacidade e na força de todas as equipas, sejam elas da formação ou da competição, sejam elas das modalidades ou do futebol».

Basquetebol: Sub-16 são Campeões Nacionais! (Com Vídeo)

Depois do Título de Basquetebol conquistado pelos segundo ano consecutivo pelos Sub-18 e após vitória sobre o Ginásio Figueirense.

Os nossos Sub-16 são Campeões Nacionais !!!

A equipa de Basquetebol de Sub-16 conquistou este domingo, dia 10 de Junho, o título nacional, ao bater o Ginásio Figueirense por 65-79.

PARABÉNS RAPAZES ! 

Mais um título na Formação do Sport Lisboa e Benfica

O Sport Lisboa e Benfica começou por vencer o FC Porto na sexta-feira, dia 8, por 62-53, derrotando no sábado, dia 9, o Basket Almada Clube A por 56-51.

Na terceira e última jornada da Fase Final, disputada no pavilhão Henrique Miranda, em Queluz, o título foi decidido na partida entre a equipa da Luz e o Ginásio. O Benfica dominou o encontro e já vencia ao intervalo por 26-44.

Após o descanso, a formação benfiquista manteve o seu domínio e alcançou, assim, a vitória por 65-79.

Depois dos títulos nacionais de Seniores, de Sub-20 e de Sub-18, é vez dos Sub-16 celebrarem a vitória no seu respectivo Campeonato.

O coordenador técnico da Formação de Basquetebol do Sport Lisboa e Benfica, Goran Nogic, mostrou-se, este domingo, dia 10 de Junho, muito satisfeito com o título nacional dos Sub-16. Em declarações à Benfica TV, o responsável da Formação não quis deixar de agradecer a todas as pessoas que tornaram esta vitória possível.

“Quero agradecer a todos os atletas que estiveram em campo durante estes três dias, dar os parabéns ao treinador João Tavares, ao Higino Maroto [seccionista], aos adeptos que foram até ao pavilhão em Queluz, bem como à nossa direcção, ao presidente Luís Filipe Vieira e ao Carlos Lisboa [director-geral das modalidades]. Não nos faltou nada, temos tudo para sermos vencedores”, afirmou o coordenador técnico.

Goran Nogic sublinhou ainda a importância da formação de bons profissionais: “Embora não seja o primeiro objectivo da Formação, é muito importante formar vencedores.”

O coordenador técnico elogiou o trabalho dos Sub-16, afirmando que o resultado final não poderia ter sido mais justo. “Uma fase final é sempre equilibrada e sabíamos que tínhamos de preparar jogo a jogo. Tínhamos de acabar este ciclo com mais uma vitória para a secção e foi inteiramente justo”, afirmou.

Goran Nogic sintetizou ainda a temporada do Basquetebol. “Foi uma época perfeita”, considerou, numa alusão aos títulos nacionais obtidos pelos Seniores, Sub-20, Sub-18 e Sub-16.

Fonte: Benfica ao Vivo

Bruno Carvalho oferece lata de Coca-Cola (adivinhem quem voltou)

Bruno Carvalho, candidato derrotado nas últimas eleições do Benfica, está a promover um “quiz” no Facebook a propósito do presidente do Benfica. Estas são as suas perguntas:

1. Qual foi o Presidente do Benfica que perdeu mais campeonatos na história do clube? Sabe quantos?

2. Qual foi o Presidente do Benfica que, antes de o ser, entrou em esquemas para desviar jogadores do Benfica para um rival a norte, sendo o único que fez algo semelhante na história do clube? Sabe indicar o nome dos jogadores desviados?

3. Qual foi o Presidente do Benfica que mais jogadores contratou na história do clube? Sabe quantos?

4. Qual foi o Presidente do Benfica que gastou mais dinheiro em contratações na história do clube? Sabe quanto?

5. Qual foi o Presidente do Benfica que mais endividamento gerou na história do clube? Sabe quanto?

Procurem, por favor, as respostas! Mas façam a busca com rigor pois são tudo questões factuais e facilmente comprováveis!

“Vamos lá encontrar quem já entrou para a história do Benfica!”, é o repto que lança que promete para o vencedor uma lata de…coca-cola

Um verdadeiro candidato, um verdadeiro homem, apresente uma lista sólida e um projecto interessante e consistente, isto que aqui está apenas demonstra um anti BENFIQUISCO, isto que aqui está (tal como um certo grupo recentemente fez) é tentar pela via da não verdade dar mais assunto para aqueles anti dos outros clubes tentarem fazer chacota do SLB.

Um verdadeiro candidato, um verdadeiro homem, apresenta uma lista sólida e um projecto interessante e consistente, isto que aqui está apenas demonstra um anti BENFIQUISMO, isto que aqui está (tal como um certo grupo recentemente fez) é tentar pela via da não verdade dar mais assunto para aqueles anti dos outros clubes tentarem fazer chacota do SLB (isto é trabalhar em favor do inimigo).

Rapaz, temos um Sumol de laranja e uma sandes de torresmo para te oferecer se nos contactares e te mostrares disponível para uma entrevista com o BENFICA POWER, nós estamos disposto a dar-te um verdadeiro tempo de antena para expores as tuas ideias, mas ficas já avisado que cobardias e palhaçadas não vão ter publicidade.

Já agora a imagem que transmites nas tuas fotos nada têm a ver com Coca-Cola (tanta publicidade) que espero não se escrever com quatro letras.

Ah na entrevista tens que ter cuidado como te referes a nós, ao SLB e ao presidente de todos os Portugueses (e não só) pois corres o risco de fazermos queixinhas aos nossos advogados.

https://www.facebook.com/pages/Bruno-Carvalho-Sport-Lisboa-e-Benfica/86545458557

Informação de contacto

Site        http://www.brunocarvalhopresidente.com (ops)

Espera ai, presidente? Do quê?

Bruno Carvalho – 2,77% dos votos, metade dos votos branco

Ah bonitão!!!

Vou ter um enorme prazer em responder ao “quiz” depois da entrevista.

“O medo impera. E o servilismo também.” António Pedro Vasconcelos

“No espaço de poucos dias, Pinto da Costa referiu-se ao Benfica, sem o nomear (o simples facto de o nomear parece que lhe queima a língua) como sendo “o clube do tempo do fascismo”, e chamou “burros” aos benfiquistas, sem nunca os nomear (a sigla do clube só é usada quando os adeptos e jogadores precisam de se animar com uns cânticos onde chamam nomes às mães dos adeptos do clube dos mouros), a propósito da nomeação de Pedro Proença para apitar a final da Champions. O país não se indignou. A imprensa desportiva assobiou para o lado. O estatuto de impunidade dá o direito a PC de insultar quem quer, de caluniar quem lhe apetece e de incitar ao ódio e à violência sem que ninguém o incomode.

Uns dias depois, no Dragão Caixa, o Benfica sagrou-se campeão de basquetebol, vencendo com dificuldade mas com mérito um adversário de grande qualidade, o que deu mais brilho à vitória. No final de um jogo em que o árbitro não interferiu no resultado, os treinadores cumprimentaram-se, como mandam as regras do fair play.

Mas, quando o jogo acabou, a culminar um clima de insultos e intimidação, os ânimos dos adeptos do FCP exaltaram-se. Agrediram os jogadores, levando a que a polícia não conseguisse garantir a ordem e a segurança e que a Taça fosse entregue ao vencedor nos balneários. Ao que se diz, Carlos Lisboa, treinador do Benfica, não terá resistido a responder às provocações e aos insultos com um gesto menos elegante. Tanto bastou para que o chefe do FCP entrasse no ringue e virasse o ónus da violência para o clube vencedor (como fizera com os famosos túneis da Luz), e vituperasse o comportamento da polícia que tentou, em vão, meter os adeptos do FCP na ordem.

No dia seguinte, Luís Filipe Vieira decidiu finalmente responder ao chefe do FCP num discurso duro, pondo em relevo factos que são conhecidos da opinião pública. O que fizeram a maioria dos comentadores (incluindo alguns que se dizem benfiquistas!)? Meteram tudo no mesmo saco: os insultos de PC e o discurso de LFV, o gesto de CL e a violência dos adeptos do FCP. O medo impera. E o servilismo também.” in record.pt

Nós no BENFICA POWER, perguntamos, todos o sabem e ninguém faz nada???

“Foi uma vitória desportiva, uma vitória da verdade” Luís Filipe Vieira

 

“O presidente do Sport Lisboa e Benfica, Luís Filipe Vieira, recebeu esta quinta-feira, dia 24 de Maio, os Campeões Nacionais de Basquetebol. Na sua intervenção, o líder “encarnado” elogiou o desempenho da equipa orientada por Carlos Lisboa e lamentou os incidentes registados no final do quinto e último jogo do play-off da modalidade.

“A minha primeira palavra não pode deixar de ser de orgulho, de admiração, de agradecimento a todos vós pela vitória, mas sobretudo pelo exemplo que nos deixaram.

Deram a todo o país uma demonstração clara de tudo quanto ao longo de anos temos vindo a denunciar.

A vossa vitória de ontem não foi apenas a vitória desportiva, não representou apenas o 23.º título a nível do basquetebol, foi uma vitória da verdade, da coragem, foi a vitória de quem soube sofrer as consequências de ir ganhar a uma casa que não tem dignidade nas derrotas!

Parabéns Carlos por seres o treinador e o homem que és!

Parabéns à equipa, porque ontem deram uma enorme demonstração do que é o Benfica!

O que ontem se passou no Dragão é uma vergonha para o Desporto, para o país, uma vergonha para as instituições desportivas!

Só não é uma vergonha para quem não tem, nem nunca teve vergonha na cara!

O que alguns fizeram ontem, mas também na véspera do jogo, foi demasiado grave para ficar impune.

E ainda têm a lata de falar de apagões? Quando a sua história foi marcada por fruta, corrupção e compadrio?

Têm a lata de falar de verdade desportiva quando o seu sucesso foi construído com base na maior mentira do desporto português?

O sistema ainda não acabou. O sistema de hoje continua construído na intimidação, na violência, nos favores.

As nossas razões podem não chegar à UEFA, como não chegaram as “escutas da fruta”, como não chegaram para a justiça portuguesa as “escutas do café com leite”!

Mas nós não vamos parar enquanto não limparmos o desporto português.

Burros não são os que acreditam na mudança.

Burros são os que acreditam que isto nunca vai mudar!

Burros são os que acreditam que a impunidade vai durar para sempre!

Mas será que alguns dirigentes deste país só gostam da actuação da Polícia quando esta os avisa que tem de fugir para não serem presos?

Na vida como nos livros:

Um ladrão não deixa de ser ladrão por declamar poesia!

Um ladrão não deixa de ser ladrão por ir ao Papa!

Um fugitivo da justiça não o deixa de ser apenas porque alguns juízes decidiram assobiar para o lado!

Posso garantir-vos que vamos continuar a denunciar e a combater o sistema, o tempo que for necessário, seja no Basquetebol, no Futebol, no Andebol ou no Hóquei!

Alguns muros já caíram, mas não vou descansar enquanto houver árbitros, delegados e dirigentes que tenham medo, que se sintam condicionados por ameaças e represálias.

Não vou descansar enquanto algumas Federações continuarem a ter medo de agir com liberdade. Só espero que o sistema não venha agora a atacar no Hóquei, porque não tenham dúvidas de que vamos estar muito atentos!

Para o Carlos Lisboa e toda a equipa, o meu muito obrigado pela maneira como vestiram a camisola. Pela forma como lutaram durante o jogo e pela forma como souberam sofrer depois do jogo.

O vosso exemplo orgulha o Clube, orgulha os benfiquistas e orgulha todos aqueles que gostam de ganhar limpo!”” in benfica.pt

“Benfica está no caminho certo” Luís Filipe Vieira

“O campo n.º 1 do Caixa Futebol Campus recebeu esta terça-feira a cerimónia de encerramento da época desportiva do Futebol Formação. No seu discurso, o presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, elogiou o trabalho desenvolvido por todos os que trabalham no Centro de Formação e Treino.

“É com grande alegria que estou aqui com todos vós. Quero agradecer a todos os nossos técnicos, a todos aqueles que, ao fim ao cabo, durante uma época desportiva que termina hoje, estiveram dentro desta casa e que tiveram a defender as cores do Sport Lisboa e Benfica”, afirmou.

Luís Filipe Vieira salientou que o Benfica esteve em todas as frentes, continuando a fazer um bom trabalho na Formação. “Há medida que o tempo vai avançando, o Benfica está no caminho certo e a prova evidente é que, este ano, nós tivemos nas três frentes principais a lutar pelo título, sendo que ganhámos um, perdemos dois. Mas o que é importante é tirar ilações daquilo que foi positivo e daquilo que vivemos em conjunto”, apontou.

Luís Filipe Vieira lembrou que o Caixa Futebol Campus “serve para formar jovens que terminem na primeira equipa”. “Quero dizer-vos hoje que, com bastante alegria, teremos 8 jovens da Formação de Juniores do Benfica, na próxima época, no futebol profissional. Isto quer dizer que estamos no caminho certo, teremos que encontrar espaço para esses jovens estarem e competirem”, afirmou, acrescentando: “O espaço e o caminho que estamos a percorrer são, de certeza, o caminho mais importante para o Benfica. O mais importante para o Sport Lisboa e Benfica é que daqui saiam jogadores bem preparados para a equipa principal do Benfica e com espírito à Benfica, sabendo que esta camisola pesa muito.”

O presidente do Benfica deixou ainda uma palavra aos familiares dos jovens. “Quero agradecer a todos os vossos familiares a disponibilidade que tiveram em acompanhar-vos e ajudar-vos a crescer. Da nossa parte irão contar sempre com essa disponibilidade e com esse querer de cada vez fazer mais e melhor”, finalizou.”