Tagged: Liga Portuguesa de Futebol

O Rio Ave tem toda a razão!

Como entendemos aquele pontapé na garrafa de água (seria Vitális?) do Pedro Martins e a Taquicárdia daquele senhor delegado do Rio Ave, Miguel Ribeiro.

qqq1

Como é que possível tamanha descriminação?

qqq

Afinal qual o motivo do Rio Ave não ter tido o mesmo tratamento do Sp Braga e todos  quantos que até à data têm beneficiado de lances ilegais que passaram a legais?

Têm toda a razão para estar indignados, então mas porque é que tem de ser o Rio Ave a ter um lance ilegal contra o Benfica a ser anulado???

Enfim, temos a liga que merecemos. Temos a imprensa que merecemos. Vamos a caminho do fecho do primeiro terço desta coisa chamada “Liga” onde andamos metidos, vai sendo tempo de oficialmente o Sport Lisboa e Benfica marcar uma posição bem firme sobre esta feira que está ser montada mesmo à nossa frente.

Anúncios

A verdade desportiva existe e está na Lei.

Assim, sem mais:

Sugestão de suspender a Liga Italiana por dois ou três anos !

Frio, nu e cru.

Por cá, “recebemos” Pinto da Costa no local onde supostamente se encontram os nossos representantes, ou seja em plena Assembleia da Républica com pompa e circunstância.

Mario Monti, comentou ontem as detenções de 19 jogadores no âmbito de uma investigação de mais um escândalo de resultados combinados para benefício de apostas. O líder de Itália chegou mesmo a afirmar conforme já disse que talvez fosse melhor a “suspensão da Liga por dois ou três anos” para avaliar a situação.

Por cá? Nada….!? Em termos práticos sim, nada. Vá-lha a justiça a quem a merece. No meio deste mundo do futebol que se torna cada vez mais porco e desprovido de qualquer ética uma vez mais é Ricardo Costa, antigo presidente da Comissão Disciplinar da Liga

Leia aqui o que o BENFICA POWER já escreveu sobre Ricardo Costa 

que vem alertar para intervenção do Estado português. Aqui ficam as suas palavras proferidas ontem dia 29 de Maio:

“A verdade desportiva existe e está na Lei. É um principio de interesse público, preservando valores na competição, no entanto a fiscalização e o controlo por parte do Estado está posto em causa.” Este é o aviso de Ricardo Costa, jurista e ex Presidente da Comissão Disciplinar da Liga e foi proferido no Concelho Distrital de Coimbra da Ordem dos Advogados, num encontro subordinado ao tema “A verdade desportiva existe?”

Ricardo Costa considera que “O Estado demite-se muitas vezes da responsabilidade fiscalizadora”. Para o jurista “decidir em Portugal desgasta muito, porque cria conflitos. É mais fácil estar nas tribunas a ver Futebol”