Tagged: Desitência da União de Leiria

Desistência da União de Leiria? Consequências (Em actualização) Comportamento da TVI

http://rd3.videos.sapo.pt/play?file=http://rd3.videos.sapo.pt/4WJ7LVmS2gH49fWHZML1/mov/1

Ora bem, faltam neste momento três jornadas para o fim do campeonato e a aparente desistência do último classificado da Liga parece poder mudar ainda muita coisa no que a várias decisões diz respeito: Há três cenários nesta altura:

Cenário 1:

Com a actual tabela classificativa, e com a algo provável desistência da União de Leiria,vejamos então como fica organizado o campeonato a três jornadas do fim:

Pos Clube Jogos
(total 28)
Pts. S/ Leiria
1 Porto 25 66 60
2 Benfica 26 62 59*
3 Braga 26 59 56
4 Sporting 25 53 47
5 Marítimo 25 48 42
6 V.Guimarães 25 42 39
7 Olhanense 26 35 29
8 Nacional 26 35 34 *
9 V.Setúbal 25 30 27
10 P. Ferreira 25 29 23
11 G.Vicente 25 28 24
12 Rio Ave 25 26 23
13 Beira-Mar 25 26 25
14 Académica 25 23 19
15 Feirense 26 21 18 *
16 Leiria 0 0

*uma das três jornadas que faltam não jogam porque era com o Leiria.

Relembro o facto de que para o campeonato (a confirmar-se a desistência) passam a contar 28 jogos, sendo que os outros dois são automaticamente assumidos como vitórias segundo o regulamento, sejam quais tenham sido os resultados. Para a Académica a situação não agrava e provavelmente até trará alguns benefícios uma vez que caso o Leiria perdesse este fim de semana o Feirense ultrapassava a Académica e sendo assim isso não acontece. Para além da Académica, destaque para a zona de acesso à Europa e Liga dos Campeões onde a desistência do clã Bartolomeu ainda pode agitar algumas águas.

Cenário 2:

A União de Leiria pode disputar todos os três últimos jogos apenas com os jogadores que tem juntando-lhe os juniores inscritos na Liga. O cenário é remoto mas pode acontecer e mesmo esperando-se perder os três últimos jogos, a Académica ficaria em maus de lençóis com a mais que provável vitória do Feirense.

Cenário 3:

A União de Leiria não comparece aos três jogos perdendo por 3-0 em todos eles. Na prática seria o mesmo que no cenário dois mas ainda assim não seria considerada desistência.

Em resumo, nos próximos dias deverá sair uma decisão, mas aconteça o que acontecer, alguém tem de fazer alguma coisa para que situações destas não se voltem a repetir.

ndr: Estaremos perante um Clube que andou anos a pactuar com o sistema, e simplesmente esteja a contecer o que podererá parecer óbvio, ou seja o Sistema a deixá-los caír… TRISTE !

Lembro, Portimonense, Famalicão, Felgueiras, Belenenses…

NOTA 1: Execrável o trabalho da TVI no recente “Jornal da Uma” Falou de Sporting, Braga, Benfica e a perda dos seus respectivos pontos, sobre o FC Porto? NADA. A promíscuidade Comunicação Social com o FC Porto é para atacar sem piedade.

O que está na base desta situação:

Os 16 futebolistas que restam no plantel profissional da União de Leiria assinaram ontem a rescisão de contrato colectivo, devido à situação de salários em atraso prometendo avançar com acções judiciais.

A decisão foi comunicada após uma reunião de cerca de cinco horas em que o presidente do Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol (SJPF), Joaquim Evangelista, tentou encontrar uma solução junto da Liga de clubes e da SAD da União de Leiria, cujo presidente, João Bartolomeu, está demissionário.

Com quatro meses de salários em atraso, e com uma greve marcadas para os três últimos jogos da Liga portuguesa de futebol, o primeiro dos quais no domingo, frente ao Feirense, os jogadores não adicaram de receber pelo menos três salários. Nas últimas semanas, cinco jogadores já tinham rescindido os seus contratos.

Anúncios