Pode o ser humano descer tão baixo? Pode ! Este é apenas um dos caminhos

Pode o género humano descer tão baixo? Pode ! Este é apenas um dos caminhos…

Existem vários caminhos para se descer ainda mais baixo. O exemplo que vos descrevo é só mais uma forma.

qqq

Desde o golpe de estado que derrubou o último Presidente do extinto Clube chamado Futebol Clube do Porto, Américo de Sá, (dando lugar a uma associação de escroques liderada por dois ex-funcionários da secção de Boxe, um deles Empresário de casas de “Fruta”), que este tipo de acções são habituais. Nada têm de novo a não ser o facto de, durante cerca de duas décadas não existirem “redes sociais” que impossibilitem que, tanto comunicação social como os líderes dessa associação, consigam esconder estas “práticas” tão comuns.

Aproveito para louvar todos os jornalistas, articulistas e companheiros de Blogs (que não apenas benfiquistas) que ao longo dos anos e apesar de ameaças de todo o género, têm tido a coragem de denunciar casos destes e outros muito piores.

Ainda assim, muito fica por contar por receio e/ou subserviência. Este caso torna-se público por um conjunto de factores que escaparam ao controlo dessa tal associação. Quis o acaso, que um árbitro, sem querer, marcasse uma inequívoca grande penalidade, totalmente fora do que a Associação de Escroques está habituada. Quis o acaso que a mesma tivesse sido cometida sobre um seu ex-jogador. Pior – o mesmo acaso fez com que esse ex jogador tivesse tido o desplante de “não ser profissional” e tivesse, com sucesso, convertido a grande penalidade. Ainda pior foi a vergonhosa atitude dos escroques ter sido presenciada e ouvida por elementos que, infelizmente para eles, não faziam parte do seu, cada vez menor, número de subservientes.

Capture

Termino com um pedido aos benfiquistas. Não odeiem esta Associação. É energia perdida desnescessariamente. Foquem-se antes na forma racional mas convicta de ajudar a limpar esta gente da sociedade portuguesa.

“Não permitam que ninguém vos faça descer tão baixo a ponto de sentirem ódio”
Martin Luther King

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s