Árbitros e os seus salários

Muito se fala na profissionalização dos árbitros e para que o seu trabalho seja bem feito.

Então vejamos o que ganham os árbitros e depois alguém que me diga o que se pode chamar aos mesmos com o montante que recebem e se quando prejudicam equipa não deveria perder parte deste montante (não esquecer que todos ou quase todos têm outros empregos).

Não esquecer que uma má arbitragem prejudica muito um clube, não só com a derrota e perca de pontos bem como cotações na bolsa. Por exemplo, o BENFICA ao ser prejudicado, no dia seguinte podemos ver uma descida na sua cotação…

 

João Capela e Artur Soares Dias completam o pódio do ranking das remunerações

Hugo Miguel, da AF Lisboa, é o árbitro mais bem pago do futebol português, a quatro jornadas do final da época, com 33.338 euros recebidos até ao momento, pelas participações no campeonato, II Liga, Taça da Liga e Taça de Portugal, segundo dados revelados pela agência Lusa, neste domingo. O também lisboeta João Capela e o portuense Artur Soares Dias completam o pódio do ranking das remunerações.

João Capela ocupa a segunda posição com 32.286 euros, menos 1052 que Hugo Miguel e mais 314 euros que Artur Soares Dias, que recebeu 31.972 euros. Todos estes valores incluem um subsídio de treino mensal de 400 euros, durante nove meses (3600 euros no total).

Hugo Miguel dirigiu já 31 jogos, 25 como árbitro principal (10 na Liga, 10 na IIL, quatro na Taça da Liga e um na Taça de Portugal) e os restantes seis como quarto elemento. João Capela esteve presente em 30 encontros (11 na Liga), também 25 como líder da equipa de arbitragem, enquanto Artur Soares Dias foi destacado para 28 partidas, 26 como juiz principal e duas como quarto árbitro.

Apesar de Hugo Miguel liderar este ranking, João Capela, com mais jogos arbitrados no principal escalão, é o árbitro que mais recebeu pelo desempenho na Liga, com 16.408 euros. Pedro Proença, também de Lisboa, é o segundo nestas contas do campeonato, com 15.736 euros, ainda que seja o 20º da lista, com um total auferido de 24.906 euros (menos 8432 euros que Hugo Miguel). O algarvio Nuno Almeida, 21º no ranking, é o mais bem pago da II Liga, com 10.354 euros.

Na última posição surge Olegário Benquerença, da AF Leiria, convocado para 13 encontros, sempre como árbitro principal, com um rendimento de 18.014 euros.

Liga e Federação gastaram, até ao momento, perto de 700 mil euros com os 25 árbitros da primeira categoria, tendo estes recebido, em média, 27.873 euros (cerca de 3.097 mensais).

Refira-se, ainda, que os juízes recebem 1272 euros por cada jogo na Liga, 890 na IIL e um quarto destes valores é pago aos quartos árbitros. Caso o jogo seja disputado durante a semana, são pagos mais 118 euros.

Em 2011/2012, os árbitros conseguiram um aumento de cinco por cento nos prémios de jogo.

Anúncios

One comment

  1. vanda

    Ainda os fulanos querem ser profissionais!!! Amadores, num part-time de luxo onde aproveitam para espalhar toda a sua competência! Ainda dizem que não há bons empregos!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s