Piermario Morosini – 1 minuto de silêncio em sua memória

O médio italiano do Livorno Piermario Morosini, de 25 anos, morreu hoje no hospital para onde foi transferido depois de ter sofrido uma paragem cardíaca em pleno jogo da Serie B italiana de futebol.

De acordo com fontes do Hospital Civil de Santo Spirito, da cidade de Pescara (centro de Itália), Morosini faleceu pouco depois de ter dado entrada na unidade hospitalar, para onde havia sido transportado de ambulância.

O jogador sofreu um repentino mal-estar aos 31 minutos do jogo entre o Pescara e o Livorno, quando estava longe da bola e caiu no relvado na área da sua equipa, segundo noticia a imprensa italiana.

Morosini foi socorrido pelos meios médicos presentes no Estádio Adriático de Pescara, que lhe fizeram uma massagem cardíaca com um desfibrilador e, posteriormente, e foi levado para o hospital civil da cidade em paragem cardíaca.

O incidente provocou um grande impacto nos companheiros de equipa do médio e levou à suspensão do jogo, que estava, no momento da interrupção,com uma vantagem de 2-0 a favor do Livorno.

Morosini encontrava-se a jogar no Livorno este ano cedido por parte do Udinese, clube da Primeira divisão italiana de futebol.

Lamento, mas os valores sobre a dignidade humana em que acreditamos não nos permitem colocar aqui as imagens da sua última jogada pela…. vida.

Em sua memória:

Anúncios

One comment

  1. joaopedrovilhais

    Em vez de um ou dois terem levantado a mão para se parar o jogo (deviam ter percebido logo que era muito grava, ainda por cima chegam a estar um a dois metros dele) e continuarem mais preocupados com o jogo, tivessem prestado logo assistência, talvez ele ainda estive cá junto da irmã e não tinha ido para junto dos pais e irmão. R.I.P.

    “Antonio Di Natale, experiente avançado da Udinese, vai ficar com a custódia da irmã de Piermario Morosini, médio que faleceu no passado sábado após ter uma paragem cardíaca em campo no jogo entre o Livorno e o Pescara da Serie B.

    Maria Carla é maior de idade e portadora de deficiência e por isso o goleador italiano decidiu ajudar a família do amigo e ex-companheiro de equipa.

    “Foi um excelente companheiro. Apesar de todos os problemas que tinha, estava sempre à disposição da equipa e dava todas as suas forças por ela. Ele queria viver e encontrar o êxito, para ele, para a família e para a irmã”, declarou Di Natale.

    Morosini, de 25 anos, perdeu a mãe aos 15 anos de idade, o pai aos 17 e mais tarde o irmão, ficando a irmã aos seus cuidados.

    A Udinese, clube que havia emprestado o médio ao Livorno, também já anunciou a criação de um projeto para ajudar Maria Carla.”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s